• instagram-logo
  • Facebook
  • LinkedIn ícone social

Essa atitude fez muita diferença na minha vida de empreendedor!

Talvez você concorde comigo que um dos objetivos de empreender, é ter a tão ansiada independência financeira. Você quer ter sucesso, quer ver seu negócio lucrando, crescendo, quer que sobre dinheiro para você e seus objetivos, não é mesmo?


Mas, sabe, isso também pode ser uma faca de dois gumes, pode ser o seu maior obstáculo. Eu sei disso porque foi o que aconteceu comigo.


Por isso, neste post, quero te contar como mudar minha visão do sucesso, fez com que conseguisse fazer o meu negócio crescer e lucrar.


Antes de te falar de 2 dessas qualidades, vou te contar brevemente como cheguei a essa conclusão.


A visão que tinha do meu negócio


A primeira coisa que percebi é que diariamente, as redes sociais e a internet, nos enchem de informações de empreendedores que tiveram uma ideia incrível e que hoje sua empresa é gigante e eles são ricos. Isso pode nos enganar facilmente porque não conhecemos a jornada que eles tiveram que enfrentar até conseguir esse sucesso, que com certeza não veio de um dia para outro.


Inclusive se investigamos mais sobre a história de algumas empresas, nos damos conta que o negócio começou sem dinheiro, bem pequeno, com poucos clientes e com estruturas bem básicas.


Aliás, talvez você já saiba que a maioria das grandes empresas multinacionais como a Apple, Amazon, Google, Harley, Disney, Mattel, HP, entre outras, começaram em uma garagem. E o sucesso delas veio anos depois de ter começado.


Um negócio que "dá dinheiro" começa pequeno, passa por mudanças grandes e pequenas, para com o tempo, se tornar uma grande empresa ou um negócio que atinge milhões de pessoas, ou seja, que gera lucro e é rentável.

Eu era um desses empreendedores que achava que ia ganhar dinheiro bem rápido, por que achava que a minha ideia era simplesmente genial, mas me dei conta de que nada disso é verdade, essa atitude estava errada e a minha visão também.


E foi aí que entendi, que mudando a minha atitude mudaria minha visão do negócio e faria ele crescer.


Um negócio que "dá dinheiro" começa pequeno, passa por mudanças grandes e pequenas, para com o tempo, se tornar uma grande empresa ou um negócio que atinge milhões de pessoas, ou seja, que gera lucro e é rentável.


Eu diria que um negócio é igual a uma borboleta, começa como um simples ovo, vai se transformando, vira uma larva e logo um casulo. Até esse momento, a borboleta é tudo, menos bonita. Mas, depois que passou por todos essas etapas, ela se transforma numa linda borboleta.


Nos negócios, é muito parecido e para mim a lição foi clara. Eu imaginava, talvez bem lá no fundo, que a minha vida mudaria na velocidade da luz uma vez que começasse o meu próprio negócio.


Mas agora, com uma visão mais clara, estava pronto para cultivar as qualidades necessárias que todo empreendedor deve ter.


A minha visão mudou e a minha atitude também


Com tudo isso, a visão do meu negócio era clara: para ser lucrativo, precisava começar como uma solução simples e com o tempo desenvolvê-la e gerando lucro, esse é o caminho natural!


Por exemplo, uma vez que mudei minha visão, meu negócio passou por várias mudanças num período de mais ou menos 2 anos, até atingir a madurez necessária para dar lucro. E acredite em mim, continua evoluindo.


Esse foi o primeiro site que criei em 2016 para dar consultorias. Como você pode ver, ele mostrava o que eu fazia, mas precisava de muito desenvolvimento. Principalmente na apresentação das soluções que oferecia na época.


A minha atitude então mudou, percebi que o sucesso do meu negócio ia depender de vender o que meu cliente precisava, testar diferentes estratégias e aceitar que nem tudo ia sair como eu pensava e que à partir disso, tinha que agir para poder atingir meus objetivos.


Aprendi que o meu negócio deve ser capaz de fazer a vida das pessoas mais fácil, com muita qualidade e a um preço justo.

Foi por aí que comecei a desenvolver uma qualidade muito transformadora: Pensar mais no meu cliente, ou seja, me colocar no lugar dele para oferecer o que ele precisa. Isso me ajudou porque eu estava pensando mais no que eu queria entregar, e não tanto no que o cliente precisava.


Com isso, aprendi que o meu negócio deve ser capaz de fazer a vida das pessoas mais fácil, com muita qualidade e a um preço justo. Ele deve transformar suas vidas, entregando tranquilidade e performance, melhorando a sua vida passando de um ponto A para um ponto B. E toda vez que ele olhasse para o ponto A, ele irá ver o quanto sua vida melhorou, e isso, em parte, graças ao meu trabalho.


Por outro lado, uma outra qualidade que me ajudou muito foi a Paciência, ou seja, saber esperar até que a minha ideia se tornasse num negócio lucrativo.


Para isso, eu precisava pensar em diferentes caminhos para chegar ao objetivo, esperar os resultados, avaliar e recomeçar quando era necessário. Às vezes levava semanas e até meses, gerava ansiedade, mas todas as vezes, me esforçava para pensar que se me apressasse e tomasse uma decisão sem pensar, poderia colocar em sério risco todo o esforço que havia empregado até agora.


Uma terceira qualidade que aprendi a cultivar foi a Resiliência, aceitar que nem sempre tudo vai sair como esperamos e que existem situações nas quais temos pouco ou nenhum controle.


Assim, cada vez que aplicava mudanças, tinha que entender que as coisas podiam tomar um rumo que estava fora do meu controle e me adaptar à situação. Aceitar isso me ajudou a não me preocupar demais quando as coisas não saiam como eu esperava e que precisava dar atenção aos detalhes, tentando perceber o que aconteceu no meio do caminho. E sabe de uma coisa, muitas vezes o que dava "errado" acabava sendo algo bom.


Eu aprendi tudo isso com o meu negócio em andamento e sei que você também pode.


Então, resumindo


  • Primeiro, a atitude correta sobre o sucesso do seu negócio é que você não vai ganhar dinheiro da noite para o dia, aliás é provável que no início você precise apertar o cinto.

  • Segundo, pense profundamente no seu cliente, deixe de pensar tanto no que você quer oferecer e mais no que ele quer.

  • Terceiro, a sua ideia só será genial depois de vários ajustes, então seja paciente, aprenda a esperar até as suas ações darem resultados.

  • Quarto, não desanime se as coisas não saírem como você esperava. Continue e teste uma e outra vez, fique atento às oportunidades.


Finalmente, duas sugestões:

  1. Se você está trabalhando atualmente, não pense em deixar o seu emprego no curto prazo. Inicialmente, veja nele a tranquilidade necessária enquanto estrutura o seu próprio negócio e também como uma fonte de recursos financeiros e de conhecimentos que precisará ao longo desse período.

  2. Se não está trabalhando, procure um emprego ou um trabalho que te permita ter essa valiosa tranquilidade. Utilize bem o seu salário ou dinheiro que ganhar para não desperdiçar recursos que serão úteis no futuro.


Eu diria que um negócio é igual uma borboleta, ele começa como um simples ovo, vai se transformando em larva e logo um casulo. Até esse momento, a borboleta é tudo, menos bonita. Mas, depois que passou por todas essas etapas, ela se transforma numa linda borboleta.

Se você quer saber mais sobre técnicas para gerir melhor seu negócio, conceitos, perguntas e tudo relacionado com criar um negócio lucrativo e rentável, faça duas coisas:


  1. Se inscreva na minha lista de e-mail no topo da página para receber todas as informações atualizadas do Método Lucro No Bolso.

  2. Entre na área de membros exclusiva onde tem muito conteúdo gratuito feito especialmente para você. Clique no canto superior direito da página.

Me conta nos comentários quais qualidades você precisa aprimorar como empreendedor e o que te ajuda a melhorar o teu negócio!


Um abraço!


Matías

70 visualizações
IMG_0437_edited.png

Sobre o Autor

Matías Moreno de la Maza

Economista com mais de 12 anos empreendendo, especialista em Finanças, Estratégias, Gestão de empresas e Processos Organizacionais.

Comecei minha vida de empreendedor muito cedo, onde descobri que minha paixão é ensinar e ajudar outros empreendedores a gerir melhor seus negócios e construir uma estrutura para crescer, transmitindo todo o conhecimento valioso que fui adquirindo ao longo da minha carreira.

Você quer melhorar o resultados da sua empresa?

Preencha o formulário e faça um diagnóstico gratuito da Gestão do seu negócio. Depois, vou te enviar as minhas 3 dicas de ouro para ter um negócio que cresce todo ano.

Posts Recentes